10 de mar de 2012

Aquele do ônibus, o crente e a música ambiente

Sabem o que eu acho dessa palhaçada de tocarem música alta no ônibus ou em qualquer outro meio de transporte público? Uma mistura de putaria, ignorância e falta de respeito vindo de gente que não completou nem o segundo grau.

O maior absurdo é que ninguém fala nada, daí quando um viadinho resolve bater cabelo pra mandar o evangélico desligar a porra do celular, todo mundo fica olhando calado achando que tem show ao vivo acontecendo no meio do transporte público.

Voltando pra casa de ônibus, uma peça me resolveu colocar música gospel no último volume. Bem ao meu lado, veja bem. Quando acabou a primeira música, eu pensei que o cara ia se tocar e desligar, né, por causa dos meus murmúrios e de uma velha na frente reclamando da barulheira. Afinal, incomoda.

Não aconteceu.
Ele pegou o celular de novo e colocou outra música.

Perdi minha paciência e catei meus fones e o iPod de dentro da mochila.

"Moço, com licença.", eu disse, lhe chamando atenção e mostrando os fones de ouvidos, embora minha vontade fosse de esfregar os fones na fuça dele.

"Você sabe o que é isso?", perguntei. "Isso é um fone de ouvido."

Todo mundo prestava atenção.

"MERMÃO, ISSO AQUI É UM LUGAR PÚBLICO!" ele me disse.

Tentei articular, mas não funcionou. Crente sempre acha que tem razão.
A minha sorte, diferente do resto da maioria da gente daquele ônibus era que eu podia abafar aquela louvação ouvindo a minha própria música sem incomodar ninguém. Mas o filho da puta continuou com a barulheira evangélica.

Depois eu acabei ficando sabendo pelo meu namorado, que estava comigo e continuou no ônibus depois de eu ter descido, que o crente se juntou com uma crente velha e os dois iniciaram uma louvação a Deus no meio do ônibus, chamando todo mundo que quisesse participar da oração pra se juntar. Ah vai tomar no cu.

O governo precisa saber que isso é um problema sério no Rio de Janeiro.

Um comentário:

  1. Puta que pariu que nojo que eu tenho dessas pessoas que você pede pra tirar a música com educação e eles vem com um "Mermão..." ou "Viajão..." e o caralho a quatro.
    A última vez que um cara desses me respondeu desse jeito quando eu pedi pra ele desligar a música, eu joguei "acidentalmente" sopa quente nele... É uma longa história de doce e pura vingança >:)

    ResponderExcluir