6 de out de 2012

Aquele em que eu amo todo mundo

Eu só queria dizer que embora digam o contrário, a verdade é que eu não odeio as pessoas. Eu amo todo mundo.

Comentaram comigo esses dias:

"Eu queria muito saber por que você odeia tanto o Cicrano."

"Mas eu não odeio Cricano! Nunca disse isso."

"Sei."

"Eu só quero é que Cricano exploda e morra. Isso não é odiar."

Nenhum comentário:

Postar um comentário