19 de set de 2012

Aquele em que eu canto Adele

Passei o final de semana inteiro ouvindo e cantando Adele aos berros na casa do meu namorado, que estava trabalhando o final de semana inteiro e seus vizinhos pareciam ter tomado chá de sumiço. Infelizmente, ninguém estava presente para ter o privilégio de ouvir o encanto de minhas magníficas cordas vocais em todo o seu esplendor. Mas eu insisti.

Hoje eu estou rouco como nunca estive antes.

Deixar Chasing Pavements no repeat mode talvez não tenha sido a melhor ideia que eu tive, afinal.

E eu estou aqui falando das minhas magníficas cordas vocais porque eu precisava mesmo escrever alguma coisa e não tinha nada melhor pra contar.

Fim da história de hoje.

P.S.: Hoje eu descobri como deve ser o inferno. A temperatura chegou a qual ponto nesse estado deplorável? Cinquenta? Frente fria cadê.

Um comentário:

  1. Meu alcance vocal é tão limitado que mal atinjo as notas do Parabéns Pra Você.

    ResponderExcluir